Iveco lança linha Economy com o Tector 15OE21

25/07/2016 às 10:04 - Atualizado em 25/07/2016 às 10:04

Iveco lança linha Economy com o Tector 15OE21

Iveco lança linha Economy com o Tector 15OE21, prevê aquecimento do mercado de caminhões médios e cobiça conquista 10% desse nicho

No mesmo mês em que comemora a produção de 300 mil veículos na fábrica de Sete Lagoas, MG, a Iveco apresenta o primeiro representante da linha Economy, o Tector 15OE 21, com pbt de 15 toneladas.

A promessa dos técnicos da Iveco foi solene: o novo caminhão Tector 15 toneladas da geração Economy é o melhor da categoria, garantindo a maior economia de custos operacionais ao transportador, apesar de o modelo oferecer os maiores torque e potência da classe.

Christian Gonzalez, diretor de Marketing da Iveco, reafirma os predicados de robustez, versatilidade e economia de combustível do Tector 150E21 Economy 4×2 o que para ele faz totalmente cabível a pretensão de conquistar 10% das vendas, que apresenta vendas médias de 4 mil unidades/ano.

“O mercado de médios está voltando a crescer graças ao incremento da demanda de movimentação de cargas urbanas e interurbanas”, explica Gonzalez. Ele explica que o modelo foi extensivamente testado antes do lançamento, especialmente nos clientes, por um milhão de quilômetros, além de 100 mil horas de desenvolvimento.

Para o executivo, porém, o novo Tector é só início de uma grande série, pois ele também representa a nova geração Economy, que tem como grande protagonista o motor FPT N45 de 4,5 litros, que desenvolve 206 cv de potência e oferece um torque máximo de 720 Nm na amplitude de 1.350 até 2.100 rpm, faixa bastante conveniente para as aplicações a que se destina.

Para fazer jus à legenda de best-in-class pretendida pela Iveco, o novo cargueiro recebeu cuidados especiais para conjugar num mesmo veículo força, robustez, segurança e conforto para o motorista. A confiança com o modelo final vem de seu desenvolvimento 100% nacional, feito no Centro de Desenvolvimento de Produto de Sete Lagoas, MG.

O novo modelo da Iveco chega ao mercado com um preço sugerido de R$ 155 mil e promete um desempenho muito superior à versão anterior. A começar pelo motor que em vez de 3,9 litros agora é de 4,5 litros.

Para atingir a faixa dos 15 t com muito mais fôlego que os 13 t e competindo com os 17 t em força, o Tector 15OE21 combina força ao conforto proporcionado por suspensões parabólicas dianteira e traseira e uma suspensão de cabina capaz de “arrancar” a melhor produtividade possível do motorista.

Trem de Força

Já a força veio do motor N45, um common rail Euro 5 que apresenta 15% a mais de cilindrada que o anterior NEF4. Para arredondar as contas para baixo, o novo engenho mesmo mais potente possibilita um consumo de diesel 10% menor, item que representa 40% dos custos variáveis, quando totalmente carregado e 15% menor nas voltas sem carga.

Os outros itens do trem de força também ajudam nesses conceitos. Primeiro a caixa Eaton de seis velocidades, com novo acionamento a cabo – mais conforto e precisão nas trocas, e o eixo diferencial Meritor MS 23-235, com duas relações de redução, um caixa baixa para situações de alta severidade e a alta para situações de pouca carga.

Para elevar o índice de disponibilidade do veículo, o novo Tector Economy tem cubo de roda banhado a óleo em vez de lubrificado via graxeira, providência tomada para diminuir as paradas para manutenção preventiva.

Entre os itens de série estão o banco do passageiro biposto, para dois ajudantes; escotilha de teto, sistema de freio ABS e EBL, porta-estepe, volante com regulagem de altura e profundidade e ajuste automático das folgas das lonas de freio. Mas o ar condicionado continua sendo opcional.

Paulo Godard, diretor Comercial da Iveco, por sua vez, comenta que o objetivo de conquistar 10% do mercado de caminhões médios é totalmente tangível, graças ao custo beneficio proporcionado pelo modelo. “Desenvolvemos um caminhão robusto, eficiente e confortável, garantindo a ele elevada competitividade diante da concorrência”, assegura.