Nova linha Iveco Daily City

06/06/2018 às 4:01 - Atualizado em 14/06/2018 às 2:12

A nova linha Daily foi desenvolvida para os serviços de distribuição e e-commerce e mostra elevados padrões de capacidade, potência e conforto. Os preços variam entre R$ 108 mil e R$ 128 mil dependendo da sua opção, furgão ou chassi cabina. E melhor, a linha é em até 12 vezes sem juros.

Marco Borba, vice-presidente da Iveco Latin America, acredita que a liderança do mercado de comerciais leves chassi cabina será mantida com uma participação de até 22%.

“O mercado dos comerciais leves com 3,5 toneladas apresenta forte reação e deve crescer cerca de 33% este ano.” Os novos Daily City 30S13, foram desenvolvidos em um ano e meio e adequar-se a distribuição de mercadorias e operadores logísticos em geral, além de pequenos comerciantes urbanos e empresas de serviços.

“Somos lideres há 10 anos nos chassis cabina de 3,5 t e temos a responsabilidade de oferecer o máximo para um mercado como o e-commerce que cresce entre 20 a 30% ao ano”, afirma Ricardo Barion, diretor de Marketing e Vendas da Iveco Latin America.

“Incorporamos ao veículo tudo que o mercado reivindicava – lembra Barion-, para que a City ofereça ao cliente o máximo em capacidade, conforto sem igual e economia de combustível a um preço justo”.

O conforto é garantido pela suspensão traseira formada por molas parabólicas e barras estabilizadoras, tudo conjuminado com uma plataforma mais baixa. O motor é o F1A de 2,3 litros e 130 cv turbo-alimentado common rail, que oferece torque máximo de 320 Nm entre 1800 e 2500 rpm. O sistema EGR, por sua vez, dispensa o acréscimo de Arla 32.

Uma grande vantagem dos novos Daily City é a tração traseira, um diferencial e tanto para vencer subidas íngremes. Aliás, a capacidade de rampa chega a 67,5% e a capacidade de partida em rampa é de 35%.

O eixo traseiro de simples redução FPT NDA SW, com sua redução de 4,86:1 também ajuda. O desempenho tem a contribuição da caixa ZF 6S 480, de seis velocidades à frente e da embreagem Valeo 280, monodisco a seco.

“A harmonia e calibração do conjunto permite uma economia de consumo de até 10%”, complementa Barion.

 

As portas traseiras abrem-se em ângulo de 270º possibilitando o estacionamento plataformas estreitas e a altura de 1,90 metros permite uma cubagem de 8 a 12 m³, para uma carga líquida de 1.800 kg. Se a opção for o chassi cabina, o entre-eixos de 3.750 mm permite comprimento total de 6.077 mm, com um baú de até 18,4 m³.

 

Texto: Pedro Bartolomeu.